Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

365 dias

Um passeio fantástico à Serra da Estrela

serra5A2269NET.jpg

 Serra da Estrela @2016

 

Quando saímos de manhã cedo a caminho de nenhures, não fazíamos ideia que íamos acabar o dia, a ver o pôr do sol, do cimo da montanha mais alta de Portugal.

Sempre que podemos, saímos de casa sem planos e sem grandes rotas delineadas. Às vezes somos positivamente surpreendidos.

Aqui em casa, já se fala em arranjar um kit de sobrevivência (ao estilo MacGyver), para andar no carro connosco, não vá o diabo tecê-las e as coisas darem para o torto…. (he he he)

Pelo sim, pelo não, na mala coloquei 2 pares de botas, umas de montanha e outras de neve, um par de luvas, 2 camisolas de lã, cachecol, gorro, umas calças, pijamas e roupa interior… Já no carro decidimos ir até à Serra da Estrela!

De lisboa à Serra, são cerca de 320 Km, que se fazem em aproximadamente 3 horas e que entre conversas passam a correr.

O tempo estava fabuloso!

Não fosse o frio lembrar-nos que ainda estávamos em pleno Fevereiro, o sol e as primeiras flores das amendoeiras, quase nos faziam crer que se tratava de um dia de início de Primavera…. Pelo menos até cair a noite ou enquanto não alcançámos o topo da montanha, onde estava um frio de rachar!

Chegámos a duvidar se encontraríamos neve na serra. Mas à medida que percorríamos a estrada que nos levaria até à torre, o ponto mais alto da serra, o ar ia ficando cada vez mais fresco.

Com a altitude a subir e as temperaturas a descer, as margens da estrada iam ficando salpicadas, aqui e ali por pedaços de gelo e neve.…. Até que, o branco dominava a paisagem.

 

serra5A1851NET.jpg

A caminho da Torre

 

Chegámos à torre com temperaturas a rondar os 0 graus, o céu limpo e sem vento.

 

serra5A1949NET.jpg

A Torre é o ponto mais alto da Serra e de Portugal. Com 1993 mt de altitude, é aqui que se situa a estância de sky.

 

A estância de sky estava fechada, mas eram muitos os que ali permaneciam e se divertiam a fazer bonecos de neve, deslizar monte abaixo nos tobogãs, a lançar bolas de neve e a tirar fotografias.

Cenário único, ao qual nos juntámos até ao pôr-do-sol.

 

serra5A1936NET.jpgserra5A2133NET.jpg

serra5A1975NET.jpgserra5A2112NET.jpg

Serra da Estrela (Torre)@2016

 

No regresso, descemos pela Lagoa Comprida, a maior lagoa da serra, onde parámos uma última vez, para admirar as vistas e o pôr-do-sol.

 

serra5A2369NET.jpg2K5A2377net.jpg

A Lagoa Comprida é a maior lagoa da serra e tem origem glaciar. Com a construção da barragem, em inícios do séc. XX (1912) foi aproveitada para a produção de energia elétrica. Local de paragem obrigatória pelas vistas e riqueza paisagística.

 

O sábado soalheiro deu lugar a um domingo chuvoso, muito nublado e ventoso que nos impediu de voltar lá acima.

Na impossibilidade de voltar à Torre, ficámos pela serra onde aproveitámos para visitar algumas aldeias, espreitar o artesanato, provar a gastronomia do local, estar em contacto com a natureza e revisitar alguns locais, que considero de passagem obrigatória.

Não deixem de ir ao Covão d’Ametade, um dos sítios mais emblemáticos da Serra. Vale mesmo a pena espreitar este recanto, localizado no início do Vale Glaciar do Zêzere.

 

neve3.jpgneve1.jpg

Covão d'ametade

 

A beleza do sítio não deixa ninguém indiferente. O parque é atravessado pelo rio Zêzere, que nasce na serra e que aqui ganha corpo, engrossando as suas águas frias e transparentes. O cenário parece tirado de um qualquer conto de fadas e no verão é o local ideal para um pic-nic, o início de uma caminhada ou simplesmente para levar os miúdos a passear.

 

Onde dormimos:

Hotel Berne, um simpático 4* localizado no coração da Serra, na pitoresca vila de Manteigas.

 

Onde comemos:

À noite estávamos exaustos e com tanto frio que acabamos por jantar no hotel….. e não nos arrependemos nada…. O restaurante do hotel Berne é muito bom para quem quer experimentar a gastronomia local. Pedimos um prato de feijoca (prato típico desta região), vinho, enchidos, queijo da região e terminámos com um requeijão e doce de abóbora.

 

Instagram

Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sobre Mim

Olá! Criei este espaço para partilhar momentos, fotografias, viagens e locais que vou conhecendo. Todas as fotos publicadas são da autoria do 365dias... espero que gostem!

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D