Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

365 dias

Photo Blog

Évora e um fim de semana a dois para relaxar

 

giraldoNET1.jpg

 Praça do Giraldo

 

É sempre bom voltar aos locais que nos fazem sentir bem e em casa. Évora é um desses lugares!

Situada no Alentejo, a meio caminho entre Lisboa e Espanha, Évora é uma dessas cidades onde sabe sempre tão bem voltar, vezes sem conta, por mais vezes que sejam.

Local de eleição do meu curso de mestrado, Évora traz-me sempre o cheiro da juventude, das tardes despreocupadas na esplanada à espera das aulas, onde se falava de tudo e nada, do calor abrasador nas noites de Verão e da imensidão do céu estrelado. Naquele tempo, em que o tempo era tudo o que tínhamos.

Mas agora o tempo voa e só tínhamos um fim-de-semana, algures por ali, no mês de Dezembro. Precisávamos de um local, que fosse perto de Lisboa, onde pudéssemos descansar, sem pressa para conhecer, porque já conheciamos e sabiamos onde ir e o que fazer. A ideia era apenas usufruir das calmas paisagens alentejanas, passear, comer, beber e respirar toda a tranquilidade do Alentejo.

Considerada Património Mundial, pela Unesco em 1986, Évora preserva dentro das suas muralhas, de forma quase inalterada a riqueza do seu património, em cada rua e edifício. Recuamos no tempo e deixamo-nos levar pelo espirito da cidade, percorrendo vagarosamente as ruas empedradas, que nos levam numa viagem pelos tempos…. dos romanos, aos edifícios medievais, aos palácios e conventos renascentistas.

 

evora01010.jpgevora0002.jpg

 

 

O centro histórico da cidade não é muito grande, o que permite percorre-lo a pé com alguma facilidade. Partindo da Praça do Giraldo, rapidamente chegamos à Sé (maior Catedral medieval do nosso país) e uns metros acima ao templo romano. Não muito longe dali, a Fundação Eugénio de Almeida, instalada no antigo edifício do Palácio da Inquisição, oferece aos visitantes uma panóplia de actividades artisticas e culturais.

 

evora089.jpgevora09.jpg

 Templo Romano

 

Se ainda não conhecem a Capela dos Ossos, na Igreja de S. Francisco, não deixem de a visitar, pois vale bem a pena.

Enquanto passeamos, aproveitamos para espreitar o artesanato da região, nas muitas lojas que ladeiam as ruas da cidade e onde encontramos uma grande variedade de produtos regionais, desde peças feitas em barro, ferro, cortiça, couro, pele e corno, às louças, rendas, tapeçarias e mobiliário. 

 

corNET.jpgcortiçaNET.jpgpratosNET.jpg

 Artesanato da região

 

A gastronomia do Alentejo é por si só, uma boa razão para visitar a região e Évora não é excepção. 

Com uma vasta e rica oferta, optámos pelo Restaurante Adega do Alentejano, situado no centro da cidade.

A Adega do Alentejano é um restaurante típico, com uma decoração rustica, onde podemos provar várias especialidades da região, como as migas alentejanas, a sopa de cação, os pezinhos de porco de coentrada, a encharcada e o bolo de requeijão. Se for apreciador, peça um vinho alentejano, para acompanhar.

Começámos pelo paio, o presunto, o queijo e as deliciosas azeitonas da região, continuámos com uma Sopa de Tomate (verdadeira especialidade) e uns secretos. Para finalizar, porque um dia não são dias, perdemo-nos numa sericaia (doce típico alentejano).

 

15755309_BINARY_GI19032014LEONARDONEGRAO0000565.JPementaNET.jpg

 Sopa de tomate / Adega do Alentejano

  

Ficámos alojados, no Hotel Vila Galé de Évora. Inaugurado em 2015, este hotel está situado fora das muralhas da cidade, a poucos minutos a pé, do centro histórico.

O hotel é moderno e confortável, decorado com vários quadros e motivos alusivos à vida e cultura alentejana.

 

htelvilagaleevora01.jpg

 Pormenor decorativo - Hotel Vila Galé Évora

 

O pequeno-almoço, é servido na sala de refeições, mas se o tempo permitir, não deixem de o tomar na esplanada, junto à piscina.

 

evora234.jpg

 Hotel Vila Galé Évora - exterior

 

Aproveitámos a manhã para relaxar, no SPA, composto por uma piscina interior, sauna, banho turco e sala de massagem.

Soube que nem ginjas!

Regressámos a Lisboa ao fim da tarde, prontos e frescos para mais uma intensa semana de trabalho :)

 

 

Para ver: Templo romano, Praça do Giraldo, Capela dos Ossos na Igreja de S. Francisco, Sé (subida à torre, de onde se tem uma vista fantástica da cidade), o Aqueduto Água de Prata, Forúm Eugénio de Almeida, entre outros. Se tiverem tempo, podem ainda visitar o Cromelque e o Menir dos Almendres (nos arredores de Évora), do qual falarei mais tarde ou a Gruta do Escoural, onde podem ver gravuras paleolíticas.

O que levámos para casa: Biscoitos de azeite, uma garrafa de azeite da cartuxa da Fundação Eugénio de Almeida e uma dose extra de boa disposição!!!

 

Instagram

6 comentários

Comentar post

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sobre Mim

Olá! Criei este espaço para partilhar momentos, fotografias, viagens e locais que vou conhecendo. Todas as fotos publicadas são da autoria do 365dias... espero que gostem!

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D