Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

365 dias

Comer o que nos faz sentir bem

 

2K5A1543.JPG

 

Desde muito miuda que a minha mãe se via aflita para que eu tivesse uma alimentação dita "normal".

Bom a verdade é que essa normalidade nunca chegou à minha vida, porque de facto eu não gostava de carne, o leite "branco" dava-me a volta ao estômago, o pão em exagero deixava-me uma sensação de peso e para ajudar à festa não morria de amor por bolos e sobremesas. Isto valeu-me muitas vezes a designação de "esquisitinha", "enjoadinha" e muitas outras palavras acabadas em "inha".

Se juntarmos a isto o facto de ter crescido nos anos 80 onde toda esta onda de alimentação saudável (hoje em dia tão na moda) não estar ao alcance da maior parte das mesas portuguesas e ainda o facto de ter sido educada numa família de 5 filhos é fácil perceber que aqui não havia tempo, nem lugar para “esquisitices”… foram anos a suster a respiração para conseguir beber um copo de leite, a comer só couves aos domingos quando o almoço era cozido à portuguesa e a tentar explicar o inexplicável.

Situações caricatas que me fazem sorrir e perceber que mais do que manias eram a minha forma de estar.

Colocar de lado definitivamente alguns destes alimentos não foi uma opção mas antes uma exigência física que exigiu muito pouco esforço da minha parte (com excepção do açucar onde tive que ser mais disciplinada).

De há uns anos a esta parte tenho tentado respeitar esse meu lado que tantas vezes foi contrariado por falta de tempo, por falta de alternativas (almoços à pressa e em cima do joelho) e mesmo por negligência da minha parte numa espécie de "deixa andar"... às vezes tenho a sensação que somos engolidos pelo dia-a-dia e vamos deixando tanta coisa de nós para trás.

O yoga veio despertar em mim essa consciência que com o tempo se tornou uma necessidade: respeitar e ouvir o que o meu corpo pede. Seja um alimento, seja mais horas de descanso ou qualquer outra coisa. Ouvir-nos!

Mudei de hábitos, criei novas rotinas, desfiz-me de coisas velhas, limpei a casa e todos os dias tento arrumar ideias.

A acompanhar as minhas novas rotinas estão os meus pequenos almoços que faço antes e pós exercicio.

Não lhe posso chamar de treino porque por enquanto limito-me a ir correr, caminhar ou andar de bicicleta ao ar livre, preferencialmente junto ao mar.

Para o pequeno almoço de hoje preparei algo simples, delicioso e leve: iogurte natural + banana + framboesas + sementes de chia.

Só isto!

Tão simples e tãaaaooo bom

 

2K5A1458.JPG

 

2K5A1558.JPG

 

2K5A1519.JPG 

Instagram

2 comentários

Comentar post

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sobre Mim

Olá! Criei este espaço para partilhar momentos, fotografias, viagens e locais que vou conhecendo. Todas as fotos publicadas são da autoria do 365dias... espero que gostem!

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D