Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

365 dias

Photo Blog

Cascata do Rio dos Mouros

cascata0065.JPG 

A uns escassos kms de distância do sítio arqueológico de Conimbriga, na freguesia de Condeixa-a-Velha, encontrámos uma pequena cascata que fez do pequeno trilho uma autêntica caça ao tesouro.

A informação foi-nos dada logo à entrada da cidade romana por uma senhora que ao ver-nos com as máquinas fotográficas e a pequena Inês achou que seria um passeio interessante para fotografar e mostrar à miúda. Nós achámos o mesmo e aventurámo-nos mata dentro à procura da cascata.

O percurso teve início nas traseiras do edifício do Museu Monográfico de Conimbriga, numa pequena estrada de terra batida, mesmo em frente.

Seguindo por essa estrada e a cerca de 1 km virámos à direita (não sinalizado), num trilho pedestre e apertado que nos levou até à margem do Rio dos Mouros.

 

cascataA0147.jpgcascata9400.jpgcascata9356.jpg

 

Uma vez no rio, continuámos o caminho até à ponte em madeira, construída sobre um tronco de árvore, que nos conduziu à outra margem. 

A partir daqui é só seguir as cordas que estão presas nas rochas e nos ajudam a subir e descer a encosta, até à Cascata.

 

cascata9555.jpgcascata9693.jpg 

cascata9775.jpg

 

Por momentos desejámos que fosse verão para poder tirar a roupa e dar uns mergulhos nas águas limpas e transparentes da lagoa que se estendia à nossa frente, mas ficámos pelas fotos.

Durante o percurso não vimos qualquer tipo de sinalização o que nos fez pensar que ou a cascata não está sinalizada ou íamos tão entusiasmados com o passeio que a sinalização passou-nos despercebida.

As indicações que nos deram levaram-nos só até meio caminho e acabámos por descobrir o resto do trilho através de outro caminhante que também se dirigia para o local.

Apesar do percurso ser relativamente fácil, não é aconselhável a pessoas com mobilidade reduzida, crianças pequenas ou de colo, pela dificuldade que apresenta em alguns troços.

Levem água, fruta ou alguns snacks naturais para comer pelo caminho, principalmente se forem com miúdos…. Nós não levámos e quando chegámos ao carro só parecia que tínhamos andado horas, perdidos na Selva.

 

Instagram

Os Palheiros da Costa Nova

 

1.JPG

 

Quando se chega à Costa Nova uma das primeiras coisas que salta à vista é o casario colorido que se estende ao longo da marginal, mesmo em frente à ria de Aveiro.

Casas pintadas com riscas vermelhas, verdes, azuis, amarelas, bem estimadas, que dão cor à marginal, localizada entre a Ria e o Oceano Atlântico e que fazem da Costa Nova um lugar de charme do nosso país.

Denominadas por Palheiros da Costa Nova, os mais antigos remontam ao séc. XIX e foram construídos pelos pescadores, com o objetivo de ali guardarem as redes e o material da pesca. Inicialmente com um piso e apenas uma divisão, rapidamente se foram adaptando às necessidades das épocas.

A segunda metade do século XIX trouxe a moda do “ir a banhos” e com isso muitos dos antigos armazéns cresceram em pisos e número de divisões destinados a acolher os que aqui queriam passar o Verão... até chegarem aos nossos dias, como casas de família e de veraneio.

 

2K5A6422.JPG

2K5A6554.JPG

5.JPG

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  

2K5A7023.JPG

3.JPG

 6.jpg7.JPG

 

Um passeio que se traduziu em ruas coloridas com casas visivelmente bem cuidadas, um papagaio falante de nome Crispim que nos arrancou umas boas gargalhadas, enquanto percorríamos o passeio em calçada portuguesa, paralelo a uma marginal fantástica trilhada entre o rio e o mar…. do outro lado, a praia da Costa Nova com o seu extenso areal, o mar de águas frias e revoltas que esconde a mansidão e calmaria da ria.

 

 

Localização: A Costa Nova situa-se na linha de costa da Ria de Aveiro , no Município de Ílhavo, na Região Centro de Portugal.

Curiosidades: Anualmente, em agosto, realiza-se o Festival de Marisco da Costa Nova “Ria a Gosto”, com o objetivo de dar a conhecer o marisco e os produtos da Ria.

 

 

Instagram

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sobre Mim

Olá! Criei este espaço para partilhar momentos, fotografias, viagens e locais que vou conhecendo. Todas as fotos publicadas são da autoria do 365dias... espero que gostem!

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D